REESTRUTURAÇÃO DO LAR

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

Deus tem nos dado a oportunidade de viver em família e isso é uma das maiores bênçãos que podemos ter. Imagine você sozinho, sem sua família ao seu redor. Procure ver como teria sido e como seria uma vida solitária, sem frutos, vazia e sem graça.

 

Sem a presença dos pais, dos avós, dos irmãos, do cônjuge, dos filhos, dos netos, dos tios e primos e demais parentes não teríamos tantas emoções, tantas alegrias e riqueza de histórias e de crescimento moral e fortalecimento psicológico, e não entenderíamos o viver comunitário e seria difícil viver na Sociedade.

            A construção de um LAR é um exercício que requer habilidade, perícia, perseverança e muita dedicação. Deve haver uma prospecção para a edificação e um planejamento minucioso e detalhado, com pesquisas profundas para que se tenha sucesso duradouro.

            Jesus se preocupa com o material que usamos na construção de nossos lares e com, sobretudo, a base, o terreno, o fundamento dessa construção. É indispensável que se tenha o cuidado em não se construir sobre areia. Alguns terrenos arenosos são tão perigosos quanto os pântanos e os bancos de areia movediça.

            A parábola de Jesus sobre os dois construtores que escolheram terrenos diferentes para construírem seus lares é tão atual hoje quanto o fora no Seu tempo. Vemos edifícios, pontes e viadutos sendo reduzidos a pó, quase que instantaneamente, em explosões e implosões espetaculares.

            Em toda construção é necessário se fazer exames periódicos para se avaliar o desgaste, a fatiga e o enfraquecimento dos elementos e materiais usados na construção. Creio que sempre podemos ter um bom motivo para uma análise do estado da solidez do edifício familiar. E é sempre tempo de uma reestruturação para solidificação dos laços de amizade, amor, lealdade e de responsabilidade no seio da família.

            Convido cada irmão, irmã, jovem, criança ou adulto a programarem uma reestruturação do lar. A fazerem uma verificação de sua participação na vida familiar e a tomarem providências importantes, assim como se faz em uma obra de fortalecimento e conservação de um edifício. Seguem algumas sugestões:

                 1. Aumente o nível de dedicação ao seu lar.

                2. Dedique mais tempo ao convívio familiar.

                3. Examine suas ações e omissões no que tange a vida doméstica e seus afazeres.

4. Veja como está o nível de estresse no seu dia a dia, com seus pais, filhos, cônjuge e  demais familiares e procure aliviar a tensão.

5. Promova algo que faça seus familiares sentirem-se bem e valorizados.

6. Mude a rotina de suas atividades para poder ter um momento de lazer familiar.

7. Procure satisfazer um desejo de seus familiares.

8. Declare seu amor por sua família e seu lar.

9. Convide sua família para um momento de culto familiar, todos juntos.

10.Ore por sua família e leve-a a priorizar o Reino de Deus através da Igreja e suas programações.

11. Veja se você não está sendo intransigente, negligente ou displicente com os membros de sua família, procurando o que lhe dá prazer, mesmo em detrimento dos outros.

12. Reestruture as prioridades, e analise a situação financeira, emocionai, de lazer e principalmente espiritual de sua família.

13. Veja onde e no que você está gastando indevidamente, as energias, o recurso e o meio que Deus lhe tem dado para você consagrar à sua família e reestruture suas opções para que você se torne bênção para sua família.

14. Elimine do seu viver tudo que seja nocivo ao seu LAR à sua FAMÍLIA, como seus hábitos, vícios e mesmo amizades e hobby.

15. Seja você a iniciar a reestruturação e a dedicação espiritual de sua família, promovendo o culto no Lar e incentivando seus familiares a vivenciarem as atividades de sua igreja.

PLANEJE EM ORAÇÃO A REESTRUTURAÇÃO DE SEU LAR E DE SUA FAMÍLIA.

Que Deus lhe conceda a bênção da vitória na  reestruturação do seu lar.

PASTOR PAULO ROBERTO SÓRIA

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

KZ Contratipos